30 de julho de 2009

≈ Se reencontrar



Somente aqui ao redor

O vento sopra vozes que nunca cessam

E levam o horizonte para bem longe

Onde os olhos nada enxergam

É algo que vai levando

Que vai nos tornando mais fracos?


No caminho estão muitos traços

Nem devem significar nada mais

Uma metáfora tão longe das mãos

De alguém que não se acha na multidão


A mente vai mudar mas só se esperar

Os olhos vão brilhar?

Espero que não se tenha que chorar

Se reencontrar, se achar


Correr para o mundo ver

Fugir de tudo para não perceber

Que nada tem

Não é nada são só coisas ausentes


Inexistentes

Apenas coisas não presentes

A solidão

Mas nesse ponto ninguém quer notar


Que na solidão vive

É simples se isolar

Mas se reencontrar nunca

É triste viver?


Fugir é uma das maneiras para não se su
rpreender


Fran.R.M

0 percepções:

Postar um comentário

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...