29 de outubro de 2009

✿ O que venho sentindo


O que sinto é esse ar sufocante
Passando pelos meus pulmões
E pensei ter poucos instantes
A brisa fria tocando minhas mãos
Um beijo de boa noite

Faz tanto tempo que andávamos por aqui
E agora não nos deixamos resistir
Reviver sem nada ter
Vou inventar um sonho vagando pela mente
Vou inventar minha história de vida diferente

Sempre esperando o gelo derreter
Amanhecer o chão macio
Coberto pelo frio e nada está igual
Lembro que esqueci o que vivi
Por que hoje o céu não está azul
Me deixou, me abandonou

Quero respirar o ar esvoaçante
Restam viveres emocionantes
E será que eu não imaginei?
Procurando pela estrada errada
Apenas achei a chave da minha morada
Voltarei pelo caminho da dor
Ele é mais rápido e logo encontrarei esplendor
Resistir mais um pouco sem errar

Se esperar tudo se acalmar
Vou apenas envelhecer e nunca me arriscar
Esse caminho eu espero que seja o melhor
O caminho mais ráp
ido



Fran.R.M

0 percepções:

Postar um comentário

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...