8 de dezembro de 2009

✿ Uma fase oculta


Eu me procurava na desorganização
Ali me encontrava
Sem soltar os pés do chão
Dar um passeio por aqui
É estar sem nenhum receio
Eu posso me sentir

Talvez ninguém possa ver
E reescrever estórias
Quase que sempre sem finais
E me escondia na poesia
Quando caia a garoa fria
Os pés fincados no chão
Demonstravam preocupação
Contos não findados
Renasciam de qualquer cinza

Chamas que iluminavam
A minha fantasiosa mente
Apenas me deixavam
Na realidade ocultamente

Eu mostrava vida
No papel
Qualquer palavra era bem recebida
A fiel palavra
Viva nas palavras


Fran.R.M

0 percepções:

Postar um comentário

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...