13 de fevereiro de 2010

• Distúrbio sem prazo de acabar



Me pergunto com toda felicidade
Se eu parei antes da hora estando errada
Se eu desisti sem ao menos cair
A maldade me fazendo ir embora

Quando tudo anda com velocidade
Nunca saberei, mas há chance enterrada
E parei e acho que nem tentei
Tão cogitada no universo estou

Amanhã me bastará apenas
A pequena mocidade
Vagando por dezenas de faces familiares
Que brilham pelos ares com tantos disfarces
A porta da minha casa adquiriu asas
Há tanto lugar escuro no distúrbio do mundo
Um dormir profundo

Quando eles quiserem te fazer chorar
Tente suportar
Mesmo que pareça melhor desistir
O certo é se encontrar e sorrir

Vai saindo pela janela
Suas folhas com muitas indignações
Também serei aquela
No caderno rabiscado sem anotações

E se tentarem te deixar sem forças
Levante a cabeça
E desconheça
O distúrbio que passa pelo mundo
Uma hora deverá se terminar
---
Autoria: Franciéle.R.Machado

9 comentários:

  1. Linda. Minha vida é um eterno rabiscar coisas. deixar rastros que vão me dizer sem querer.
    Em tudo me vejo
    E você...
    Um pouco de mim está gravado em você e neles.
    E alguns deles querem me esquecer do mundo.
    Não vou chorar o passado
    Não vou me assustar com esses imundos.
    Vou continuar caminhando pelo mundo
    E voando...
    Também deixo rastros voando.

    ResponderExcluir
  2. "Quando eles quiserem te fazer chorar
    Tente suportar
    Mesmo que pareça melhor desistir
    O certo é se encontrar e sorrir"

    isso mesmo Franzinha, belo texto flor.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Escreve muito bem,me encontro em tuas palavras sinceras.

    ''Quando eles quiserem te fazer chorar
    Tente suportar
    Mesmo que pareça melhor desistir
    O certo é se encontrar e sorrir''

    É o verso que me chamou mais a atenção,suportar,aguentar até que ponto,até que ponto chega a nossa alma à aguentar as lágrimas que temos vontade de derramá-las?Basta sorrir...
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Fran, te indiquei para um selo, passa lá no meu blog e pega... e dai vc segue as regras e passa para 7 blogs.
    Bjossss
    http://garotaborderline.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oii, deixei um selo pra você no meu blog. Pegue e siga as regras!
    Beijos.


    http://botacadesabedoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Apoesia é uma forma de expressar-se especial. é única, as interpretações por mais que focalizadas nunca serão iguais entre duas pessoas. talvez seja essa a sua beleza, a capacidade de ser única.

    ResponderExcluir
  7. muito interessante como você expressa suas idéias, uma otima poesia, Parabéns *-*

    http://hell-boyy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. *_*.. gostei
    Teus textos não são daqueles tipos de textos explícitos. Gostei, são do tipo que fazem reagir à concentração.
    Que faz com que encontre sentidos
    Em uma coisa que talvez nem seja!
    Parabéns tbm mocinha e brigada pela visita e selo q nem sei como é...shuahus
    Volto sempre! RS. =)

    ResponderExcluir
  9. Oi Fran,
    Adorei... "tentar suportar e não desistir, se encontrar e sorrir..."
    me identifiquei com o que escreveu,pois,todos os dias lutamos contra nós mesmos,e a batalha nem sempre é vencida,mas sim superada na medida do possível.
    http://garotaborderline.blogspot.com/

    Bj...minha escritora favorita!!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...