6 de dezembro de 2012

• Incontido vício




Enquanto meu vício incontido exalava no corredor
Que eu dizia coisas supérfluas do amor
Como se eu nem reconhecesse esse sorriso amarelado
O meu sorriso carente e já espantado


Visto que piscar os olhos lentamente e olhar as bordas
Do canto da risada que fragmentou minha face
Não admito ver o amor me puxando como cordas
Mas para que haveria tal disfarce?


Penso, pois que nem gosto de gritar livremente de vez
Gosto de propor um pouco de talvez
Esse meu vício incontido de mal dizer o amor e cair
O que esconder se eu sei que meu amado vai vir


---Fran.Machado


15 comentários:

  1. O amor é tão bom quanto complicado, é uma dura tarefa prazerosa para realizar. [sorrio]
    Fran, a propósito, por acaso, gosta de literatura amadora? >>> O http://jefhcardoso.blogspot.com anseia por seu comentário. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Franciéle!!!!

    Ou vício bom que... vicia, hein????

    E viva os loucos que vivenciam o amor, esse vício do qual nem o Pai Eterno escapou!!!! KKKKKKKKKK!!!!!!

    Um abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo, Fran!
    Que versos, que melodia, sensibilidade pura, linda obra, uma de suas melhores!
    Grande abraço, sucesso e grato pela visita!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Fran que sensibilidade, adoro poesia.Grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Que a gente se divirta sem se matar, que ame sem se contaminar, que aprenda sem se enganar, que viva sem se vender.
    Boa sexta!
    Bjinhos
    http://laialisafa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Um texto cheio de palavras bonitas, cheio de rqueza. Um texto cheio de você Fran, adorei, sou seu fã, você pediu aqui estou eu. volte quando quiser, por que meu mundo não é só meu, é seu também, é nosso.
    E antes que eu me esqueça...
    Vicío mesmo é ler você.

    Beijos te adoro,
    Com carinho,
    Bruno Cassiano ML

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida Fran
    Passo, com calma, bem antes da data, para desejar-lhe, com carinho fraterno, que vc tenha Boas Festas neste fim de ano!!!
    "A felicidade é com a gota de orvalho numa pétala de flor, brilha tranquila, depois que leve oscila e cai como a lágrima de amor".
    Que vc seja muito abençoada e feliz!!!
    Abraços fraternos de Boas Festas

    ResponderExcluir
  9. Fran lindissimo poema. Hoje passo especialmente para desejar um Natal muito Feliz.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  10. Olá, Franciele!!!!

    Estou passando para desejar um Feliz Natal e um Bom Ano de 2013, cheio de boas energias para serem usadas em todos os dias, com saúde, paz e fácil inspiração!!!! Sucessos!!!!

    Um abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Sinto as vezes como se fosse você que estivesse lendo estes lindos poemas em meu pensamento, quisera você sentir esta doce sensação, consigo perceber como são suaves seus versos, digo que realmente você consegue prender minha atenção, aguardo novas postagens. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Seu blog é óptimo,gostei dou-lhe meus parabéns.
    Com votos de grandes vitórias.
    PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, faça-o de forma a que possa encontrar seu blog para segui-lo também.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir
  13. oi linda participa do meu blog lindo seu blog. http://mundodavanessamakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Poesia
    .
    .
    Cada instante da poesia
    é uma nova viagem,
    mesmo que o assunto
    seja o mesmo de sempre...
    .
    .
    Francis Perot

    ResponderExcluir

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...