16 de outubro de 2009

✿ O mundo afora


Esconder o rosto
Pra fugir do desgosto
Já não me recorde
Das ilusões mundo afora
Lá é tão difícil de viver
Tudo imprevisível
Não há maneira de não se perder

Viver fingindo
Que tudo está perfeito
Quando no peito há dor
Seja como for
Fazer de conta
Mas na sua solidão
Sempre a chorar
Só o mundo afora enganar

Viver se trancando
Não deixar ninguém seu jeito ver
Não deixar transparecer
Mas estou pouco me importando
A vida é para viver
E não para esconder


Fran.R.M

0 percepções:

Postar um comentário

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...