25 de julho de 2009

≈ Esperar tudo se ajeitar


Os olhos vão se abrindo
Para ver essa real realidade
Nunca será tarde para fazer nossa parte
Mas como tudo vai acontecer nesse mundo
Nunca chegaremos a saber

Falo com tudo
As coisas materias e imaterias que existem
Resistem ao tempo
O clima nesse lugar está aquecendo
Um mundo absorvendo a fumaça
Onde respirar pode se tornar
Alguma ameaça a própria vida
A água está pouco a pouco terminando
Mas talvez as coisas mudem
Com o tempo se arrumem em seu certo rumo

Sair para encontrar outras pessoas
Esta sendo algo irracional
Estamos cheios de doenças que se passam pelo ar
Podem até achar tudo isso normal
Mas no fundo há um certo receio
De quem não tem a certeza de que vai resistir
Espero acordar e ver todo o terror se acabar

Me ponho no lugar dos outros
Sentindo as alegrias mas também os desgostos
E os tantos sonhos não realizados
É viver e se manter enclausurado
Sem saber o que vai se passando por aqui
Viver trancado pelas grades
E triste viver fechado sem ter para onde sair

Andar pela rua é tão bom
Ver outras pessoas é tão legal
Mas as doenças, tudo
Pode se tornar algo mortal

Espero que tudo que há de ruim acabe
Que as mortes acabem
Que tudo logo se ajeite e melhore

Espero
Fran.R.M

0 percepções:

Postar um comentário

Deixe aqui algumas palavras sobre o que compreendeu, a sua percepção do que leu...